Henrique Meirelles abre a O2Oix, em São Paulo

O secretário de Estado da Fazenda e Planejamento de São Paulo e ex-ministro da Fazenda Henrique Meirelles apontou a reforma tributário como mais uma das páginas fundamentais da agenda econômico para a retomada do crescimento. Meirelles esteve ao lado de Vitor Magnani, presidente, e Marcos Carvalho, head da O2O – Associação Brasileira Online to Offline durante a abertura da primeira edição do O2Oix Innovation Experience, realizado nesta terça-feira (12), em São Paulo.

Para Henrique Meirelles, o caminho da retomada foi iniciado com a PEC do Teto dos Gastos, que, segundo ele, foi muito eficaz na proposta de ganhar tempo para aprovar outras reformas, como a da Previdência. O secretário aponta agora as outras reformas como a administrativa, que seguem no sentido de resolver as questões fiscais nos estados e no Governo Federal e prosseguir com a retomada dos investimentos. “Temos agora o prosseguimento desse ciclo de retomada de confiança”, diz Meirelles.

Nessa esteira, há a discussão sobre a criação do marco regulatório das startups. Em São Paulo, o governo também está criando uma iniciativa pró-cluster para além do já conhecido Largo da Batata. “O governo de São Paulo tem uma área muito grande ao lado do IPT que vai ser colocado como um grande centro de inovação em São Paulo onde as empresas vão poder se instalar, onde vamos poder criar um grande cluster e vamos, aí sim, nos mover em mais uma iniciativa no sentido de ter a versão do Vale do Silício aqui”, afirma Meirelles.  

Segundo o secretário, o governo de São Paulo vai iniciar o projeto por meio de sua Secretaria de Desenvolvimento Econômico para viabilizar também acesso a crédito e microcrédito para os empreendedores da inovação. “Vamos favorecer pequenas e médias empresas de maneira que todas tenham acesso a crédito e regulação adequada, tal como infraestrutura”, garante.

Competitividade

Para Meirelles, essa iniciativa é parte de uma nova maneira de pensar o desenvolvimento do País, que iniciou de maneira mais acelerada em 2016, com as reformas e com a assinatura de um acordo com o Banco Mundial para aumentar o índice de produtividade no Brasil, que, para ele, esbarra no excesso de regulação. A legislação trabalhista era um dos problemas para o painelista. “Nos EUA, uma grande empresa que eu acompanhei o caso tinha 27 processos trabalhistas. No Brasil, com as mesmas práticas, eram 25 mil processos trabalhistas. Isso tudo é Custo Brasil”, avalia.

No Brasil, o tempo médio para abrir uma empresa chegou a ser de 101 dias, segundo o secretário. Em São Paulo, chegou a bater 126 dias. O caminho para a otimização foi o digital, com a digitalização dos cartórios. Hoje, o tempo médio para abertura de uma empresa está em um dia e já está em 5 horas em alguns cartórios. Isso se chama produtividade”, afirma.

Usando como exemplo de nova economia, Meirelles cita os EUA. “O centro da economia digital no mundo, a indústria diminuiu drasticamente, poderíamos esperar grande desemprego, mas, na realidade, o desemprego é o mais baixo da história. É difícil conseguir empregado nos EUA, mas não é só lá. O número de entregas do comercio digital só aumenta. Isso está tendo um impacto muito maior do que se previa e isso vai aumentar”, avalia.

O2Oix Innovation Experience

Para Vitor Magnani, CEO da O2O, que organiza o evento, a presença de nomes como Henrique Meirelles junto a empresários, investidores e empreendedores é fundamental para a construção de um ecossistema de inovação eficiente.  “A O2O foi criada com o propósito de reunir o pessoal para promover o desenvolvimento dessas plataformas. A gente só consegue fazer isso no diálogo com poder público, academia, empresas e empreendedores”, diz Magnani.  

Marcos Carvalho, head da associação, destaca os desafios para montar um evento com os grandes promotores da inovação no País. “Foram sete meses de preparo da jornada. É resultado da luta árdua para representar a essência do setor e no primeiro evento já contamos com 90 palestrantes trazendo os potenciais e as dores do segmento”, completa Carvalho.

Compartilhar:

Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no pinterest
Compartilhar no print
Compartilhar no email